Com o Google Translate agora podemos interagir desde os Russos até os Magistrados Gregos da Lacônia

Google+ Followers

Seguidores Google Connect

Índice Sumário por Assuntos

05 Fotopoemas de Amor 15 nov 2013 578 Associados Solicitantes A Deusa do BDE A Felicidade A Saga de Tainá A Vida é um Sonho Administradores Administradores do Facegrupo Elis Regina agradecimentos Amiga do Peito amizade Ana da Cruz Associados Solicitantes Basílio da Gama Belo Monte - O Filme Brasil Brincadeirinha Cinema Definições Elis Regina Elmano Sandino Facebook Facegrupo Literatura Facegrupo Os Amigos do Faceb00k Flá Perez folclore Foto-Avatar dos Membros do Facegrupo MPBar Fotopensamento Fotopoemas Gatinha do Facebook Gonçalves Dias grupo Grupo Fotopoemas no Facebook Grupo Literatura Imagem Tutorial Indianismo Irani Ribeiro Isto é um Assalto! José de Alencar Kalu F Dias Literato Literatura Livros Lustato Madre Teresa de Calcutá manutenção do facegrupo MPBar membros membros de nossos grupos membros do grupo fotopoemas membros por ordem de afinidade Mudança Radical Não direi o teu nome ao final de um verso Nós vendemos seus livros e obras de arte nossos grupos Novas Regras para Páginas Novos Tipos de Grupos Os 50 Primeiros Membros Página não encontrada personalizada Página Não Localizada Customizada País Geométrico Pensamentos Personalize a Página não encontrada do seu Blogspot Rodolfo Amoedo Rosa Gandine Hipólito Roseli Arruda Saci Pererê Sarah Sarah Caroline Sarah Caroline de Almeida Soneto Livre e Estrambótico n.º 1 Sonetos Televisão Transformar o perfil em Página Tutoriais Tutorial Customizar a PÁGINA NÃO LOCALIZADA do seu blogspot Victor Meirelles

domingo, 10 de novembro de 2013

Ana da Cruz divulga Belo Monte - O Filme!

 

Ana da Cruz divulga Belo Monte - O Filme!

 
 
 
 



04/11/2013 13:08
Ana da Cruz



Belo Monte traz feedback da nossa história

A Tragédia Financeira, Humana e Ambiental de Belo Monte, Floresta Amazônica, Xingu e irmãos índios ameaçados num estado chamado Amazonas, num país chamado Brasil.

O cacique fala a verdade, outros mentem...
http://www.belomonteofilme.org/portal/br

Os técnicos brasileiros falam a verdade.

Quem manda no Brasil é a Lei Federal, não é o congresso. As decisões não podem ultrapassar a lei.

Belo Monte não poderia nem ser cogitado, muito menos estudado como projeto, pois contempla assassinatos e ilegalidade.

Vai ser um quiprocó só. Um erro que alavancará outros erros para consertar o primeiro.

Interesses internacionais estão aqui.

Nem conhecem o Brasil! São vários povos indígenas, irmãos, ameaçados de morte.

A análise feita nesse filme, cujo link segue adiante, não deixa dúvidas: Comprova que Belo Monte é um verdadeiro desastre: mostra desumanidade, o grande prejuízo ambiental, a ambição cega financeira.

E além da morte de uma Nação Indígena trará a ruína financeira num projeto mal concebido, em local errado, fadado ao fracasso.

INDIANISMO

O Indianismo foi um movimento épico-cultural que nasceu e se desenvolveu no Brasil de forma espetacular, enquanto o cavaleiro medieval era o herói da Europa.

Os índios lutaram junto com os portugueses, contra os demais povos que tentavam colonizar as terras brasileiras, mais acentuadamente, os franceses e os holandeses.

O índio é retratado como valente e nobre, livre das corrupções sociais e dos vícios da civilização branca, o mais digno representante da nação brasileira, símbolo da nossa liberdade. Muitas culturas quando taxam um povo de índio, esquecem que não surgiu do vento, foram náufragos de civilizações passadas que chegando em terra selvagem, se integraram à natureza.

Principal autor: José de Anchieta, O padre Anchieta, chefe dos Jesuítas, cuidava não apenas de educar e catequizar os indígenas, como também de defendê-los dos abusos dos colonizadores de vários povos que chegaram e tentaram escravizá-los, sem sucesso.

Em 1563, intermediou as negociações entre os portugueses e os indígenas reunidos na Confederação dos Tamoios, oferecendo-se Anchieta como refém dos Tamoios em Iperoig, enquanto o padre Manuel da Nóbrega retornava a São Vicente juntamente com Cunhambebe (filho) para ultimar as negociações de paz e amizade entre os indígenas e os portugueses.

Segundo contam os índios, teria escrito nas areias da praia e memorizado o Poema a Virgem, que mais tarde, passou para o papel; durante o período que ficou entre os índios por sua vontade (não era exatamente cativeiro).

Conta-se que Anchieta "levitou" entre os indígenas, que cheios de pavor, o respeitaram como um grande feiticeiro branco. Aprendeu a falar a língua dos nossos índios e escreveu o primeiro dicionário da língua tupi. Na obra "De gestis Mendi de Saa" ("Os feitos de Men de Sá") relata os esforços dos portugueses e indígenas para expulsar os franceses que invadiam as terras brasileiras, num confronto que durou anos.

Outros autores.

Gonçalves Dias: I-Juca Pirama, Canção do Tamoio, Marabá, Primeiros Cantos, Segundos Cantos, Os Timbiras.

José de Alencar: Iracema, O Guarani, Ubirajara.

Basílio da Gama: O Uraguai.

Victor Meirelles: Moema.

Rodolfo Amoedo: O Último Tamoio, Marabá.

Irani Ribeiro:

(Televisão)
E, mais recentemente, em 1978, como influência da cultura brasileira, Irani Ribeiro escreveu e a Rede Tupi (atual SBT) exibiu a novela Aritana, filmada no Xingu.
(Cinema)
A Saga de Tainá:
Tainá - Uma Aventura na Amazônia (2001)
Tainá - A Aventura Continua (2005)
Tainá - A Origem (2013)

Ana Cristina dos Reis Cruz.
CPF 650073106-97
Ana da Cruz, Jornalista 17222Mg, Brasil.
Graduada em língua e literatura brasileira, portuguesa, inglesa e latina - lato sensu (formação estendida) pela Universidade Presidente Antonio Carlos, na cidade de Barbacena, estado Minas Gerais.


Belo Monte, Anúncio de uma Guerra www.belomonteofilme.org

30 dias -->Postagens Mais Acessadas